Ver Mensagens
Páginas: 1 ... 947 948 [949] 950 951
14221  Destaques / África / A maldição da exegese cristã fundamentalista sobre o Continente Africano em: Abril 03, 2011, 10:35:33
A maldição da exegese cristã fundamentalista sobre o Continente Africano e sua Diáspora,


“Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é a polemica”.

“sobre o continente africano repousa a maldição do paganismo, ocultismo, misérias, doenças oriundas de lá: ebola, Aids. Fome…”

“Sendo possivelmente o 1o. Ato de homossexualismo da história. A maldição de Noé sobre canaã toca seus descendentes diretos, os africanos”

“O caso do continente africano é sui generis: quase todas as seitas satânicas, de vodu, são oriundas de lá. Essas doenças, como a Aids, são todas provenientes da África”.

Essas são frases proferidas, verbalmente e / ou por escrito pelo deputado federal Marco Feliciano, de Orlândia – SP, e que vieram à tona nos últimos dias.

O nobre deputado afirmou, ainda, que a sua colocação “Não foi racista. É uma questão teológica”.

Essa teoria não é nova. Foi desenvolvida no período da escravização da população africana nas Américas, para aplacar os dramas de consciência dos cristãos, que se utilizaram de um crime de lesa humanidade, a escravidão, para aprisionar, traficar, matar e explorar, acumulando os bens e privilégios econômicos, sociais e culturais que a população branca usufrui no mundo até os dias atuais.

Entre o final do século 15 e o início do século 16, período no qual se estruturava a escravização dos africanos, com autorização expressa do papa Nicolau V, através bula romanus pontifex, teve início também a construção das representações racistas do povo africano. O padre Manoel da Nóbrega, por exemplo, afirmou “Por serdes descendentes de Can e terdes descoberto a vergonha de seu pai deverão os negros serem escravos dos brancos por toda a eternidade”.

A escravidão e as maldições são recorrentes e naturalizadas nos textos bíblicos, tanto no velho como no novo testamentos, mas nenhum deles vincula estas questões ao continente africano ou a seu povo.

Continue lendo em:

http://almanakut10.wordpress.com/2011/04/02/a-maldicao-da-exegese-crista-fundamentalista-sobre-o-continente-africano-e-sua-diaspora
14222  Destaques / Música / Prêmio Descobertas RFI 2011 em: Março 27, 2011, 11:35:59
Concurso destinado aos cantores residentes em África, nas Caraíbas e nas ilhas do Oceano
Índico. Inscrições até 15 de junho de 2011.

Prêmio : 10 000 €

Promoção intensa, um concerto em Paris e um périplo pela África.

http://www.rfi.fr/com/20110211-premio-descobertas-rfi-2011
14223  Destaques / Nacional / Repórteres Sem Fronteiras atualiza lista de inimigos da Internet em: Março 21, 2011, 11:02:03
por Yuliya Melnyk
 
Ao mesmo tempo que governos, incluindo o Egito e Camarões, destacam-se por fechar o acesso à Internet, o grupo Repórteres Sem Fronteiras divulgou um novo relatório expondo outros países onde o acesso online também está em risco.

O relatório foi divulgado no Dia Mundial Contra a Ciber-Censura. O Repórteres Sem Fronteiras criou uma lista atualizada dos governos, desde a Austrália ao Uzbequistão, que estão restringindo ou censurando a Internet.

A lista atualizada de "Inimigos da Internet" inclui: Burma, China, Cuba, Irã, Coreia do Norte, Arábia Saudita, Síria, Turcomenistão, Uzbequistão e Vietnã. Burma, por exemplo, entrou na lista depois que o governo tomou medidas drásticas em 2010, para reorganizar a Internet do país e se armar de meios para cortar o acesso de sua população na Internet, sem afetar as conexões oficiais.

Uma lista de "Países sob Vigilância" inclui Austrália, Bahrein, Belarus, Egito, Eritreia, França, Líbia, Malásia, Rússia, Coreia do Sul, Sri Lanka, Tailândia, Tunísia, Turquia, Emirados Árabes Unidos e Venezuela. A Austrália está na lista porque o governo não abandonou seu plano perigoso de filtrar o tráfego online, mesmo que isso seja difícil de acontecer sem a aprovação parlamentar.

http://ijnet.org/pt-br/reporteres-sem-fronteiras-atualiza-lista-de-inimigos-da-internet%20
14224  Destaques / África / Reuters oferece curso gratuito de reportagem econômica em: Março 21, 2011, 10:58:33
Data: 09/05/11 - 13/05/11
Prazo Final: 04/04/11
Thomson Reuters Foundation
Localização: LagosNigéria
Jornalistas da África Ocidental podem se inscrever para um curso de reportagem sobre economia organizado pela Reuters, realizado em Lagos, na Nigéria.

O curso gratuito, patrocinado pela [Thomson Reuters] Foundation(http://www.foundation.reuters.com/), foi criado para ajudar os jornalistas na África Ocidental a melhorar as suas técnicas de reportagem sobre assuntos financeiros e econômicos.

O curso inclui sessões de informação detalhadas, palestrantes com convidados e discussões em profundidade. Os participantes também terão a oportunidade de fazer exercícios práticos e reportagens ao vivo.

Os candidatos devem ser jornalistas de economia ou negócios na África Ocidental, ter experiência profissional mínima de dois anos e fluência em Inglês. O curso cobre as despesas de viagem e alojamento.

Para mais informações (em inglês), http://ijnet.org/pt-br/reuters-oferece-curso-gratuito-de-reportagem-economica
14225  Destaques / Nacional / Brasil e EUA se unem para melhorar a segurança alimentar em Moçambique em: Março 14, 2011, 09:55:21
A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional e a Agência Brasileira de Cooperação anunciam programa de cooperação trilateral desenvolvido em parceria pelos governos do Brasil e dos Estados Unidos.

O governo dos Estados Unidos, por meio da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), e o governo do Brasil, por meio da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), anunciaram a implementação de um programa de cooperação trilateral para promover a melhoria da segurança alimentar e nutricional em Moçambique, com vistas ao fortalecimento de políticas voltadas à agricultura familiar e à alimentação escolar.

A iniciativa será executada em parceria pela Universidade da Flórida, a Universidade Estadual de Michigan, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação, com o objetivo de fortalecer as capacidades estratégicas de produção e distribuição de produtos agroalimentares e o aprimoramento da qualidade da alimentação escolar em Moçambique. Do lado moçambicano, o programa terá a participação de instituições governamentais. A ação será realizada em apoio aos programas de segurança alimentar e nutricional desenvolvidos no âmbito da GHFSI – Iniciativa Global de Combate à Fome e Segurança Alimentar. As atividades do projeto começarão em abril.

http://www.embaixadaamericana.org.br/index.php?action=materia.php&id=9660&submenu=&itemmenu=162
14226  Destaques / África / Uma breve história do Fórum Social Mundial em: Fevereiro 06, 2011, 07:06:32
Nas origens do FSM estão o "grito zapatista" de 1994 e as manifestações em Seattle, em 1999, que impediram a realização da reunião da OMC. Na sequência, o movimento anti-neoliberal passou da fase de resistência à fase de construção de alternativas. Este FSM demonstrará se permanece na fase de resistência, de fragmentação de temáticas, de limitação à “sociedade civil” ou se se coloca à altura da etapa atual de disputa hegemônica, já não mais a nível nacional ou regional, mas a nível global. A análise é de Emir Sader.

http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=15505&boletim_id=821&componente_id=13481
14227  Destaques / África / Senegal: quem paga suas dívidas empobrece em: Fevereiro 06, 2011, 07:04:03
Os EUA e a Europa não seriam o que são hoje se não tivesse havido a escravidão e a colonização. Os países do Norte construíram em grande parte sua riqueza e sua potência sobre a base de uma política muito agressiva e violenta contra as populações do Sul e contra a natureza. Esta parte da história é suficiente, por si só, para afirmar que os povos africanos são credores de uma dívida histórica e ecológica gigantesca, das potências do Norte. No entanto, o “sistema da dívida” que passa a funcionar no início dos anos 60 inverterá o mecanismo: são os povos africanos que ficarão cada vez mais endividados. O artigo é de Adama Soumare e Olivier Bonfond.

Adama Soumare e Olivier Bonfond - Alainet

http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=17311&boletim_id=821&componente_id=13487
14228  Destaques / Música / Portal Negros do Brasil em: Janeiro 27, 2011, 02:31:47
14229  Destaques / Nacional / TV Digital: Brasil sofre outro revés na África em: Janeiro 18, 2011, 04:09:41
Convergência Digital :: 18/01/2011

Moçambique vai seguir a recomendação da Comunidade de Países da África Austral (Sadc) e adotar o padrão europeu de televisão digital (Digital Vídeo Broadcasting - DVB-T2).“A medida foi tomada em reunião do Conselho de Ministros – ou seja, é uma decisão de governo”, disse o diretor-geral do Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique (INCM), Américo Muchanga. Ele espera que a instalação da infraestrutura comece ainda este ano.

Em novembro, a Sadc aprovou recomendação para que seus 14 integrantes (África do Sul, Angola, Botsuana, Congo, Lesoto, Madagascar, Malawi, Ilhas Maurício, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbábue) adotassem o sistema europeu. Mas, como a medida não é obrigatória, o Brasil e o Japão mantêm a esperança de conquistar alguns usuários para o seu sistema ISDB-T (Integrated Services Digital Broadcasting Terrestrial). Propuseram, inclusive, a realização de testes em países como Angola, Botsuana e Moçambique.

http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=24864&sid=8
14230  Destaques / Nacional / Vale vai integrar estrutura de Moçambique em: Janeiro 14, 2011, 10:45:16
Reuters

A estrutura logística que a Vale está montando em Moçambique para seu projeto de carvão em Moatize será integrada a mais projetos da empresa na África e poderá gerar outros negócios, informou nesta terça-feira o diretor da mineradora Mauro Neves de Moraes.

"Você cria novas fronteiras no negócio. Ter essa infraestrutura desenvolvida nos ajuda a ter mais negócios por lá", explicou o executivo após palestra no Latin American Iron & Steel Trends.

Para escoar o projeto de carvão de Moatize, a Vale está em conversas com o governo de Moçambique para expandir uma ferrovia que também poderá ser utilizada pelo projeto de fosfato Evate, também naquele país, e outro de cobre que desenvolve no Congo, chamado Teal.

"Os outros projetos estão só começando", disse Moraes, informando que a produção de carvão de Moatize é a mais desenvolvida e o início da operação está previsto para o segundo semestre de 2011.

O projeto Moatize prevê a produção inicial de 11 milhões de toneladas de carvão, mas pode ainda ser expandido para 24 milhões de toneladas.

http://www.revistaferroviaria.com.br
14231  Destaques / África / Convite à apresentação de propostas - e-Learning África 2011 em: Janeiro 12, 2011, 07:22:34
O prazo para submissões de propostas está se aproximando para a conferência eLearning 2011 África a ter lugar 25-27 maio, em Dar es Salaam, na Tanzânia. As submissões que exploram os temas da conferência - os jovens, as qualificações ea empregabilidade - são convidados antes de 16 de janeiro.

http://www.icde.org/?module=Articles;action=Article.publicShow;ID=1939
14232  Destaques / Nacional / Megaprojetos pouco colaboram para reduzir a pobreza em Moçambique em: Janeiro 10, 2011, 03:06:55
Desde 2001 Moçambique cresce a taxas anuais entre 6% e 12%, muito acima da média da África. Esse crescimento, porém, se deve a alguns poucos megaprojetos que não beneficiam a maioria da população.

http://www.dw-world.de/dw/article/0,,14749699,00.html?maca=bra-newsletter_br_Destaques-2362-html-nl
14233  Destaques / Nacional / Eusébio e Mariza pedem livros para Moçambique em: Janeiro 10, 2011, 12:40:17
por PEDRO DURÃES

A associação sem fins lucrativos Karingana Wa Karingana conta com o futebolista Eusébio e a fadista Mariza numa campanha publicitária que acaba de ser lançada com o objectivo de promover a recolha de livros para Moçambique. A campanha, que estará nos meios até ao final deste mês, será veiculada em imprensa, rádio, televisão e estações dos CTT, local onde poderão ser entregues os livros.

http://www.meiosepublicidade.pt/2011/01/10/eusebio-e-mariza-pedem-livros-para-mocambique/
14234  Outros / Sobre o Jornal @Verdade / Boas Festas! em: Dezembro 23, 2010, 11:51:02
Um Feliz Natal e um excelente e próspero 2011 para todos do @Verdade e para o povo de Moçambique!

DEUS os proteja!

Evandro Alexandre
Almanakut Brasil
14235  Destaques / Nacional / Presidentes moçambicanos cúmplices com o narcotráfico em: Dezembro 09, 2010, 01:02:07
Os telegramas confidenciais da embaixada norte-americana em Maputo, divulgados pelo WikiLeaks, envolvem o presidente Guebuza e o seu antecessor, Joaquim Chissano
Lusa - Esta notícia foi escrita nos termos do Acordo Ortográfico
6:05 Quinta feira, 9 de Dez de 2010
Em Moçambique, o poder político ao mais alto nível está comprometido com o narcotráfico, revelam telegramas confidenciais da embaixada norte-americana em Maputo, divulgados pelo portal WikiLeaks, que envolvem o presidente Guebuza e o seu antecessor, Joaquim Chissano.

Após a Guiné-Bissau, Moçambique tornou-se "o segundo lugar africano mais ativo para a actividade dos traficantes de droga", relatou num telegrama, no verão do ano passado, o representante diplomático da Embaixada dos Estados Unidos na capital moçambicana.

O narcotráfico é dirigido por dois moçambicanos de ascendência asiática, Mohamed Bachir Suleiman, conhecido como "MBS", e Ghulam Rassul Moti, cujas atividades eram impossíveis sem a cumplicidade ao mais alto nível do Estado, segundo a correspondência diplomática.

http://aeiou.visao.pt/presidentes-mocambicanos-cumplices-com-o-narcotrafico=f582187
Páginas: 1 ... 947 948 [949] 950 951