Páginas: [1]
Imprimir
Autor Tópico: A velhice será sinonímo de tanta desgraça?  (Lida 3049 vezes)
linguadeperguntador
Global Moderator
Membro Completo
*****
Mensagens: 124


Ver Perfil
« em: Março 31, 2010, 03:17:10 »

É frequente ver e ouvirmos tantas coisas que acontecem  com os plantadores da riqueza que hoje temos, pois penso eu que sou, existo, me chamam de  tantos nomes, que me atribuem hoje porque há quem  que noite e dia perdeu sono de baixo de tanta chuva ,tristeza, sol ardente se sacrificou. E agora que já consigo levantar a espada , vou atirando-a para a cabeça do meu pai, minha maê acusando-lhes de feitiçeiro, ou mesmo de feiticeira. Que desgraça?             

Lembro-me de uma triste realidade, que acontecera por lá nas bandas do Búzi, terra que me viu nascer, se a memória não me trai aos meus 9 anitos, quando num pleno dia saindo de mais uma jornada de aulas, pelo caminho na companhia de amigos nos deparamos, com um jovem sube costódia policiais porque havia ele tirado a vida da sua própria irmã e o respetivo cunhado por meio de um catana, que no momento  que o vimos trazia-a na mão bem banhada de sangue alegadamente que lhe feitiçavam. Naquela altura por causa da idade que me era menor  achei eu que fosse normal. Um tempo depois quando começei  a entender o sentido da vida fui morrendo de pena daquilo que havia assistido lá na longíquoa terra dos Ndaus. Isto só para citar um exemplo de tristes coisas da nossa terra, onde quando a pessoa tende a envelhecer o medo de lhe cai a responsabilidade das desgraças da familia vai lhe tomando conta dia pós dia. Que pena?       

O que mais me preocupa, é o facto de todos os dias ter que me deparar com tantos idosos que, passam os ultimos dias que lhes resta de vida,  de um lado á outro pedindo esmola, ou seja, mendicando pela avenidas dasprincipais cidades moçambicanas, uns porque por ironia de destino nunca teveram a sorte de gerar uma vida, mas outros porque o fizeram, mas agora como recompensa  já lhes são atribuidas as desgraças da familia, porque não do filho que criou de baixo de tanta miséria. E porque agora já se sente maduro de nada, gira o pai, a maê, o tio, tia, avô  como resposta de que fez bem por me criar. Uns até optam por tirar lhes a única riqueza que ainda os falta a vida. Segundo diz o velho  ditado Ndau,’’ kurera nhoka no mukaka manguana inokuruma’’, o  traduzido para português seria ‘’ criar uma cobra amanhã te fará mal.”  Coitadinhos! Será que o facto da idade não nos perdoar é reflexo de virarmos feiticeiros?   

Enquanto uns choram porque o destino os castigou ,e  não tiveram o carinho que tanto precisaram de estar ao lado dos seus, outros que a vida lhes deu este carinho, o jogam fora........triste de imaginar. Enfim sã coisas do nosso dia-a-dia e difíceis de entender. O outro facto curioso é alguns destes velhos discriminados da sua família, não se quer puder contar com âmparo, nem  de quem é direito,muito menos de, de quem é de boa fé, para lhes socorrer num momento tão difícil como este.  Sendo asssim,para  onde é que vamos com situaçoês desastrosas que essas? Pensemos nisto............     

Amos Zacarias
Registado
Ximbitane
Novice
*
Mensagens: 15


Ver Perfil E-mail
« Responder #1 em: Abril 01, 2010, 12:23:10 »

A velhice nao é sinonimo de desgraça não, nos é que desgraçamos os idosos esquecendo que estamos muito mais proximas delas do que queremos.
Registado
Páginas: [1]
Imprimir
Ir para: