Páginas: [1]
Imprimir
Autor Tópico: Carta ao Governo moçambicano  (Lida 3115 vezes)
linguadeperguntador
Global Moderator
Membro Completo
*****
Mensagens: 124


Ver Perfil
« em: Agosto 14, 2012, 02:33:29 »

Caros Senhores Dirigentes do Estado

Nós, polícias, e o povo moçambicano queremos saber o porquê de estarem a enganar, mentir à sociedade e aos doadores do Orçamento do Estado ao dizerem que o polícia e o militar têm o seu salário reajustado com base no novo Salário Mínimo aprovado pelo Governo.

Já estamos inconformados com este Governo de mentirosos. Isso porque numa sessão do Conselho de Ministros divulgou-se um despacho segundo o qual já tinham sido reajustados os salários dos polícias e militares, sem contar com os 6% do aumento deste ano. Mentiram à sociedade e sem vergonha falaram isso à Imprensa. Resultado: toda a gente ficou a saber que o polícia e o militar já tinham o seu salário reajustado!

Onde está esse salário??? Ou seja, o Conselho de Ministros mente ao próprio Comandante das Forcas de Defesa e Segurança que é o Presidente da República. Assim, o Presidente da República pensa que os seus homens já recebem o salário reajustado, o que não constitui verdade. Onde está esse reajuste? No bolso do porta-voz do Governo??? Porque foi ele quem leu o tal despacho.

O polícia agora está a receber um salário que lhe cria “descontentamento” no seio da sociedade, que é de 3,366,00Mt 3,175,00 Mt de salário-base mais o aumento de 6 % anunciado pelo Governo. E onde está o reajuste, digo, a mentira?

Meu povo, recordem-se de que no passado dia 1 de Junho de 2012 houve uma agitação de greve o que não aconteceu porque nos pediram ponderação. Esta manifestação não seria do povo, mas sim dos agentes da Polícia da República de Moçambique.

Agora divulgo o salário do polícia para que toda a gente saiba. Mesmo um bebé que está no ventre da mãe sabe que o polícia, assim como o militar, recebem mal.

Descrição
Valor (em meticais)
Vencimento base
3 366,00
Subsídio de risco
1 009,80
Subsídio operativo
37,14
Pensão de aposentação
235,62*
Assistência funerária
16,83*
Assistência médica
50,49*
Serviços sociais
33,66*
* Valor descontado do salário

Porque é que o Estado moçambicano não cria sindicatos dos agentes de defesa e segurança pública, tal como acontece noutros países lusófonos? Tal permitir-nos-ia expor as nossas preocupações!

Agora fiquem a saber que o despacho do Conselho de Ministros não constitui verdade, ou seja, estamos no mês de Agosto e não há nenhum salário reajustado. Até quando??? O que está a acontecer? Ou o que falta para auferirmos o tal salário reajustado?

De que adianta fazerem promessas ao povo se não cumprem? Nós também fazemos parte do povo. Ao agirem assim, estão a trair o Presidente da República.

Quero lembrar ao povo: Khadaf morreu por traição do seu próprio Governo. E é o que está acontecer em Moçambique mas não com recurso à guerra.

Porque é que o Presidente da República não marca uma reunião para falarmos dos nossos problemas (refiro-me à polícia)? Estou há 16 anos como guarda da polícia e nunca falamos com o Presidente da República para ele mesmo saber o que está a acontecer.

As folhas salariais que mostram ao Presidente da República não são verdadeiras, ou seja, são folhas que na realidade não existem.

Imaginemos: Um tal criador de patos a ser enganado pelos seus empregados a dizerem-lhe, compramos farelo e demos todos os dias aos patos e depois de cinco dias vem uma vizinha afirmar que os patos comeram o caril dela. O que faria o criador ao descobrir que os empregados levam o farelo para casa ao invés de dar aos patos?
Registado
Páginas: [1]
Imprimir
Ir para: